Imagem capa - Comportamento Infantil por Marcelo Cortez - Fotografia
Dicas

Comportamento Infantil


Olá! Meu filho completou 4 anos. Parece que a fase mais difícil ficou para traz. Agora ele tem mais independência, come e se veste sozinho, conversa mais e demonstra sentimentos mais facilmente. 

Vou começar uma série de artigos sobre crianças pois tenho estudado a respeito para lidar melhor não somente com meu filho mas também com os filhos dos clientes de festas infantis e ensaios de crianças.

Gostaria de compartilhar com vocês algumas características de crianças dessa idade. Acho que entendendo o comportamento dos pequenos, podemos evitar muita gritaria desnecessária e tornar as coisas mais fáceis para mamães, papais e crianças.



Desenvolvimento Motor

– Se vestem sozinhos sem precisar de muita ajuda;

– Comem sozinhos;

– Penteiam o cabelo;

– Conseguem andar em linha reta de forma direita;

– Correm e saltam sobre pequenos obstáculos com facilidade;

– Apanham, jogam e driblam com uma bola;

– Seguram bem num lápis e fazem desenhos legíveis;

– Já sabem usar uma tesoura infantil.


Desenvolvimento Cognitivo

– Falam fluentemente, com frases muito completas;

– Adoram inventar palavras, cantar canções e rimas;

– Gostam de conversar;

– Já conhecem muitas letras do alfabeto;

– Podem já saber escrever o seu próprio nome;

– Já sabem dizer o nome completo;

– Fazem muitas pergunta;

– Respondem facilmente às perguntas que lhes são feitas;

– Já conseguem distinguir entre ontem, hoje e amanhã;

– Percebem bem a rotina diária e o que sucede a quê;

– Conseguem atender a um pedido com 2 ou 3 ações distintas;

– Conseguem ordenar objetos do mais baixo para o mais alto, do menor para o maior;

– Contam até 7 objetos em voz alta, embora nem sempre na ordem correta;

– Já sabem entre 6 e 8 cores;

– Reconhecem cerca de 3 formas diferentes.


Desenvolvimento Emocional

– Ainda têm dificuldade em separar a realidade da fantasia;

– São muito entusiastas, têm sempre muita pressa em tudo (muita!!!);

– Têm uma imaginação muito vívida;

– Podem mentir para se proteger, mas ainda não percebem o que é uma mentira;

– Têm capacidade de sentir ciúmes;

– São mais cooperantes;

– Gostam de se exibir a si próprios e as suas coisas;

– Têm mais confiança;

– Começam a perceber o que é o perigo;

– Podem ter medo de muitas coisas, inclusive do escuro e dos “monstros”;

– Ainda fazem birras, normalmente em relação a pequenas coisas;

– Têm a capacidade de sentir raiva e frustração, principalmente quando algo não ocorre como querem;

– Passam a exprimir o seu descontentamento/raiva mais verbalmente do que fisicamente;

– Algumas vezes ainda são agressivos e/ou violentos;

– Já sabem fazer ameaças.


Desenvolvimento Social

– Estão mais independentes em relação aos adultos;

– Gostam de obter a aprovação dos adultos;

– Gostam de brincar com outras crianças, principalmente com aquelas que têm a mesma idade;

– Já conseguem brincar em grupo

– Embora gostem de brincar com crianças de ambos os sexos, já têm uma maior preferência por brincar com crianças do mesmo sexo que o seu;

– Já sabem dividir com as outras crianças e fazem isto na maioria das vezes;

– Por vezes, podem querer ser o líder;

– Gostam de alterar as regras da brincadeira à medida que brincam;

– Podem fazer queixa de outras crianças aos adultos;

– Podem ter um ou mais amigos imaginários;

– Gostam de contar histórias – muitas vezes sem nexo – aos adultos;

– Estão constantemente perguntando “por quê?”;

– Gostam de chocar os outros – crianças e adultos – ao usarem palavrões e outras palavras proibidas;

– Quando brincam, gostam de imitar os pais, normalmente o do mesmo sexo;

– Adoram brincar de serem personagens: professora, mãe/pai, dono da loja, bombeiro, polícia…

Fonte: Site Pequenada.com


Quer receber mais dicas como essa? Cadastre-se no meu site!

Inscreva-se para receber novidades

* Obrigatório